Bem vindos ao Contos de Terror!

Bem-Vindo ao Medo-Puro ! 
Aqui, no Medo Puro ( ou Contos de Terror, como preferir. ) eu tenho como objetivo, contar Histórias, Lendas e Contos de um modo mais moderno, que você leia e fique com mais vontade de ler, porque eu sei muito bem como é chato você ler histórias bobas, sem rumo nem prumo, que não tenham um fim decente. Eu escrevo as minhas próprias histórias, mas antes de postá-las aqui, tenho que ter certeza ABSOLUTA, de que estejam perfeitas ( ou aceitáveis... rs ) para disponibilizá-las aqui. 
Vocês também encontrarão aqui, Fotos, Vídeos, Top 10 do Terror, Mestres do Terror e até uns joguinhos em Flash. 
Brevemente, criarei um espaço, onde vocês, leitores, podem deixar suas histórias, lendas, perguntas, etc. Mas enquanto não está disponível esse espaço, vocês podem deixar um comentário nessa página, basta ter uma conta do Google ( para quem não sabe, conta do Google é a mesma conta do Orkut, YouTube e afins. ) para postar seu comentário. Você também pode deixar uma pergunta anônima, fiz isso pensando naqueles que não tem conta do Google. 
Enfim, pessoal, gostaria de pedir mais uma coisa para vocês. Gostaria que se vocês puderem se tornar um membro do Blog, se tornem, por que isso ajudaria E MUITO a divulgação do nosso espaço.
VAMOS LÁ GENTE ! 
MANDEM O LINK DO BLOG PARA TODAS AS PESSOAS QUE PUDEREM, SENÃO, ALGO MUITO BIZARRO ACONTECERÁ COM VOCÊS ! ( brincadeirinha rs )
Divirtam-se !
Mas cuidado com "quem" pode estar ao seu lado !
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

15 comentários:

  1. Olá! Temos o prazer de lhe convidar, a conhecer o novo Agregador de Links da web http://nabocadosapo.com.
    Temos a seção Mistérios. Venha nos dar o prazer de ter sua presença.
    Não deixe de visitar a seção “Parceiros” - http://nabocadosapo.com/parceria e aumente suas visitas. Confira as vantagens.
    Na Boca do Sapo – Mais visitas para a sua página
    Desde já agradecemos por sua atenção!

    ResponderExcluir
  2. boa noite ! eu peguei um banner seu !!!http://bettowertcontosefatosdeterror.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá eu tenho uma historia bem legal pra vc colocar em seu blogger:

    Na sexta feira treze em uma manção morava os pais e duas crianças,naquele dia o primo deles tinha vindo.Os pais deles foram á um teatro ali perto.As crianças se chamavam Maria de 10 anos, Tom de 12 e Marcio de 12 anos.Nesse dia Tom o mais velho tinha de ir estender o varal.Tarefa muito mais do que simples, mas que um dia, se tornou algo assustador. Como de costume,pegou as roupa e foi estender.Estendeu a roupa no varal, e deixou arejando um pouco. Quando foi pega-los de voutar, ouviu um barulho um pouco estranho, mas nada fora do comum. Era uma espécie de chiado (como quando a antena da televisão não capta mas um canal e começa a chiar), porém, estava baixo. Ficou um pouco assustado, mas continuou fazendo o que estava fazendo. Ao entrar no quarto dele, viu uma espécie de vulto passando por traz da janela, foi numa velocidade incrível. Quando isso aconteceu, ele trancou a porta do quarto, e deitou cama,e os dois lá vinheram. E depois de 20 minutos eles saíram "de filhinho " , eles colocaram os copos em cima da mesa e foram pegar a água na geladeira quando fecharam a porta ouviram os copos se quebrando e se espantaram.Quando ouviram isso colocaram a garrafa em cima da mesa e foram correndo para a casa da amiga de Maria (vizinha deles)e quando o pai deles chegaram foi um alivio para eles.Entraram dentro de casa e os copos quebrados não estavam lá,quando eles entraram no quarto de Tom viram o vulto se aproximando deles e derreteste eles morreram e neguem nunca morou naquela manção.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livia, não tente melhorar o que já está ótimo.O conto do Lico está bem melhor, mais coerente,e realmente parece um relato verídico.
      A sua história,passa uma impressão(pelo menos a mim), que foi feita às pressas, por ter tanto erro ortográfico.

      Excluir
    2. Obrigado pelos comentários pessoal! Voltarei com o blog hoje! :D

      Excluir
    3. texto certo sem erros :

      Na sexta feira treze em uma mansão morava os pais e duas crianças, naquele dia o primo deles tinha vido os pais deles foram á um teatro ali perto. As crianças se chamavam Maria de 10 anos, Tom de 12 e Marcio de 12 anos. Nesse dia Tom o mais velho tinha de ir estender o varal. Tarefa muito mais do que simples, mas que um dia, se tornou algo assustador. Como de costume, pegou as roupa e foi estender. Estendeu a roupa no varal, e deixou arejando um pouco. Quando foi pega-los de voltar, ouviu um barulho um pouco estranho, mas nada fora do comum. Era uma espécie de chiado (como quando a antena da televisão não capta mas um canal e começa a chiar), porém, estava baixo. Ficou um pouco assustado, mas continuou fazendo o que estava fazendo. Ao entrar no quarto dele, viu uma espécie de vulto passando por traz da janela, foi numa velocidade incrível. Quando isso aconteceu, ele trancou a porta do quarto, e deitou cama, e os dois lá vieram. E depois de 20 minutos eles saíram "de filhinho " , eles colocaram os copos em cima da mesa e foram pegar a água na geladeira quando fecharam a porta ouviram os copos se quebrando e se espantaram. Quando ouviram isso colocaram a garrafa em cima da mesa e foram correndo para a casa da amiga de Maria (vizinha deles)e quando o pai deles chegaram foi um alivio para eles. Entraram dentro de casa e os copos quebrados não estavam lá, quando eles entraram no quarto de Tom viram o vulto se aproximando deles e derreteste eles morreram e neguem nunca morou naquela mansão

      Excluir
  4. bem parecido com o seu mais eu mudei algumas coisas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela colaboração Lívia! Postarei sua história ok?

      Excluir
  5. adorei esse cite adorei a cova

    ResponderExcluir
  6. adoro esse blog , as melhores historias estao aqui concerteza , mas poste mais historias o site ficara ainda melhor !!

    ResponderExcluir
  7. muito legal as historias

    ResponderExcluir
  8. Acho que o final desse conto seria, viram o vulto se aproximando deles e derreter-se, eles morreram e ninguém nunca mais morou naquela mansão.

    ResponderExcluir